Publicidade
/ Gospel / Cristãos sofrem com fome e violência
Imprimir Notícia

Tamanho da letra

26/08/2011 às 21:42 por Gospel
Cristãos sofrem com fome e violência
O grupo terrorista Al-Shabaab não tem distribuído alimentos aos cristãos somalis que passam fome na região que eles controlam.
créditos: Portas Abertas
SOMÁLIA - O grupo terrorista Al-Shabaab não tem distribuído alimentos aos cristãos somalis que passam fome na região que eles controlam. É apenas o mais recente dos esforços sistemáticos do grupo terrorista islâmico para erradicar os cristãos da Somália.

De acordo com a ICC (International Christian Concern) , a negação intencional do Al-Shabaab em distribuir a ajuda humanitária a todos já resultou na morte de 18 cristãos nas cidades somalis de Afgoye, Baidawa e Kismayo. Jonathan Racho disse: ?Qualquer somali suspeito de ser cristão, ou amigo de um cristão, não recebe a ajuda alimentar.?

Infelizmente, a contínua eliminação da pequena comunidade somali de cristãos nas mãos do Al-Shabaab passou despercebida, eclipsada pelos outros horrores de tortura, estupros e assassinatos realizados pela população muçulmana da Somália.

Mais recentemente, em um relatório divulgado pela Human Rights Watch, foram encontrados dados sobre decapitações públicas e flagelações; recrutamento forçado de crianças para ser soldados; negação da assistência humanitária a 2,2 milhões de somalis que estão passando fome no território controlado pelo Al-Shabaab.

Deve-se notar que a perseguição aos cristãos antecede a ascensão do Al-Shabaab . A perseguição começou na guerra que teve início em 1991. Durante esse tempo, estima-se que mais de mil somalis adultos foram mortos nesse país predominantemente muçulmano, além de milhares de outros forçados a fugir do país ou negar sua fé para salvar suas vidas.

Um cristão secreto disse: ?Sabemos que, se qualquer pessoa suspeitar que somos cristãos, seremos torturados ou até mortos. Por isso oramos em segredo. Temos orado nas salas de oração das mesquitas, mas, apesar de toda a nossa cautela, muitos dos nossos amigos foram mortos. Vivemos com medo.?

Outro incidente horrível ocorreu em dezembro de 2010, quando uma garota de 17 anos, que se converteu ao cristianismo, foi assassinada a tiros por parentes. A jovem tinha fugido de sua aldeia depois que seus pais a haviam espancado e acorrentado a uma árvore.

No entanto, enquanto a perseguição tem sido a norma para os cristãos da Somália, o Al-Shabaab tornou esse nível totalmente novo e brutalmente perturbador.

Em 2008, os membros do Al-Shabaab deceparam a cabeça de Manssur Mohammed, de 25 anos de idade, por se converter ao cristianismo. De acordo com testemunhas, os militantes islâmicos circularam um vídeo para instigar o medo entre aqueles que contemplam a conversão do islamismo para o cristianismo.


Espalhe por aí


Comentários
Weverson Ramos
16h57 do dia 29/08/2011
Em 2008, os membros do Al-Shabaab deceparam a cabeça de Manssur Mohammed, de 25 anos de idade, por se converter ao cristianismo. De acordo com testemunhas, os militantes islâmicos circularam um vídeo para instigar o medo entre aqueles que contemplam a conversão do islamismo para o cristianismo.
Deixe seu comentário

Faça uma doação!

Doe uma oferta voluntária para Igreja CVV.